17. maio 2022 Blog

PBX vs. VoIP:
quais são as diferenças?

PBX vs. VoIP: quais são as diferenças?

PBX ou VoIP, qual você deve escolher para o seu escritório? Continue lendo para descobrir o que faz dos sistemas diferentes.

Escolher uma infraestrutura de telefonia é uma das decisões mais importantes que uma empresa precisa tomar. Mesmo com vários canais de contato disponíveis hoje, um telefone comercial ainda é indispensável. Há alguns anos atrás, as empresas simplesmente escolhiam um telefone fixo tradicional, pois não havia outra alternativa. Agora, a situação é um pouco mais complicada.

Ao configurar uma infraestrutura de telefonia corporativa, a decisão geralmente se resume a escolher entre:

  • PBX (centro de distribuição telefônica)
  • Rede VoIP (voz sobre IP)

Qual é a diferença e qual é a melhor opção para o seu negócio?

O que são PBX e VoIP?

Vamos começar explicando o que PBX e VoIP realmente são, já que muitas pessoas usam os termos de forma intercambiável.

PBX (Centro de distribuição telefônica)

  • tipo de rede telefônica privada para uso da empresa
  • esse tipo de rede permite que os funcionários da empresa se comuniquem tanto internamente (com outros funcionários) quanto externamente
  • além de permitir que os usuários façam e recebam chamadas, uma rede PBX também possui alguns recursos úteis que não estão disponíveis em telefones tradicionais, como transferências de chamadas ou um menu URA
  • ao usar um PBX, uma empresa pode ter vários telefones instalados, todos conectados a uma rede

VoIP (voz sobre IP)

  • funciona com um princípio completamente diferente, onde as chamadas são encaminhadas usando a internet
  • sempre que você faz uma chamada, sua voz é transformada e compactada em dados e depois enviada para o telefone de destino
  • como há alguns anos a qualidade das chamadas VoIP era muito baixa, as empresas escolhiam o PBX como uma opção mais confiável
  • hoje em dia, a qualidade das chamadas de voz não é diferente de uma chamada normal de PBX

Mas embora a velocidade e a qualidade de ambas as redes possam ser semelhantes, ainda há muitas diferenças entre elas. Abaixo destacamos as diferenças mais importantes quando se trata de PBX vs. VoIP, para que você possa escolher a melhor opção para as suas necessidades do negócio.

PBX vs. VoIP: principais diferenças

1 – Custos de configuração inicial

A maior diferença quando se trata de instalar redes PBX vs. VoIP são os custos.

Criar uma rede PBX para sua empresa é bastante complicado e também caro. Fatores:

  • você precisa pagar antecipadamente por uma fonte de alimentação do sistema, roteadores, telefones compatíveis e fones de ouvido
  • os custos de instalação e configuração de toda a infraestrutura são altos também

Somando tudo isso, o custo total pode chegar rapidamente a milhares de dólares. Por causa dos custos iniciais que as empresas têm que pagar, apenas empresas maiores com muitos funcionários podem pagar por redes PBX.

Configurar uma rede VoIP, entretanto, é muito mais barato. Se você já possui uma conexão com a internet, não há necessidade de configurar um sistema totalmente novo. Você só precisa investir em:

  • um roteador que pode lidar com chamadas VoIP de alta qualidade
  • telefones compatíveis com a tecnologia de IP
  • software de ligação por computador

Também não há necessidade de contratar um técnico para instalar VoIP.

2 – Custos mensais

Outro aspecto que você precisa ter em mente ao escolher entre redes PBX e VoIP são os custos mensais de operação e manutenção.

Com o PBX, isso depende da sua configuração. Geralmente, você precisa somar as contas telefônicas, a manutenção do sistema e os problemas de manutenção. Você também precisará pagar por licenças de software e telefone.

Enquanto isso, VoIP é tipicamente um serviço de assinatura. Seu custo mensal dependerá de qual ferramenta de ligação e de qual plano você usa. Por exemplo, no CloudTalk, temos quatro modelos de preços, desde um plano inicial que custa apenas USD 15 por usuário por mês até um plano sob medida para corporações.

3 – Qualidade da chamada

A maioria de nós provavelmente se lembra dos primeiros dias dos serviços VoIP – a qualidade da chamada deixou muito a desejar na época. Para ter chamadas de alta qualidade, as empresas escolheram o PBX. Hoje em dia, a qualidade das chamadas usando ambas as tecnologias é semelhante, e as chamadas de voz em HD lentamente se tornaram a norma.

Com o PBX, a qualidade da chamada depende principalmente do hardware, que inclui os roteadores e os modelos de telefone. Se o sistema estiver configurado adequadamente e os modelos de telefone forem de alta qualidade, as chamadas também serão.

Com o VoIP, a situação é um pouco mais complicada, pois pode haver várias causas para a baixa qualidade do som. Um dos motivos mais comuns é uma conexão de internet lenta ou instável. Se o roteador não estiver configurado corretamente, isso também pode causar atrasos nas chamadas e falhas a ponto de o VoIP ficar inutilizável. O fone de ouvido que seus funcionários estão usando ou o software de ligação também podem afetar a qualidade das chamadas.

4 – Escalabilidade e facilidade de atualização

Atualizar ou escalar uma rede VoIP não é de forma alguma um problema. Se precisar, você pode alternar facilmente para um plano VoIP melhor, solicitar mais telefones ou adicionar novos usuários. Se você precisar de outro número de telefone (mesmo que internacional) em sua empresa, poderá adicionar um em apenas alguns minutos e usá-lo imediatamente. O máximo que você precisa fazer é considerar atualizar seu plano de internet. Se você está pensando em mudar seu roteador ou telefones atuais para modelos mais novos, isso também não é um problema. Você pode até usar o mesmo plano VoIP em escritórios diferentes! Além disso, você pode facilmente remover números de telefone ou mudar para um plano menor.

O VoIP também vem com vários recursos que não estão disponíveis para telefones PBX ou são muito caros para adicionar. Você pode até pedir ao seu provedor de VoIP para adicionar recursos personalizados que são necessários para sua empresa.

Enquanto isso, escalar um sistema PBX pode ser problemático, para não mencionar caro. Se você estiver se mudando para um novo escritório, precisará construir a infraestrutura de PBX do zero. Mas mesmo fazer algo aparentemente simples como adicionar mais usuários ao PBX é um desafio. Pode acontecer que você primeiro precise de novas linhas que exijam um módulo diferente, e esse módulo requer muito mais capacidade. Para todas essas coisas, você precisará de um técnico experiente. E uma vez que você já pagou por um novo hardware ou assinou um contrato de licenciamento de longo prazo, retornar às configurações anteriores é praticamente impossível. O mesmo com a adição de novos recursos. Isso pode ser caro e difícil de fazer, pois você precisará de um técnico de TI experiente.

5 – Flexibilidade

A falta de flexibilidade dos telefones PBX é outra coisa que pode causar diversos problemas às empresas. Os telefones PBX geralmente são proprietários, o que significa que estão vinculados a um determinado sistema ou fornecedor. Quer mudar para um modelo ou fornecedor de telefone diferente? Na pior das hipóteses, você terá que substituir todo o seu conjunto de equipamentos, pois seus modelos atuais não serão compatíveis.

Com isso vem outro problema, que é perceptível especialmente durante os atuais tempos de pandemia. Os telefones PBX só podem ser usados dentro do escritório e apenas com modelos de telefone compatíveis. Isso significa que a chamada remota está fora de questão.

Quando se trata de sistemas VoIP, você tem muito mais opções:

Portanto, não importa se eles estão presos em um engarrafamento ou trabalhando no modo home-office, os atendentes podem atender as chamadas da mesma forma como se estivessem no escritório.

6 – Confiabilidade e segurança

Se instalado e mantido corretamente, um sistema PBX é altamente confiável e seguro. Como eles dependem de uma PSTN tradicional (rede telefônica pública comutada) em vez de uma conexão com a internet, não há risco de ataques de hackers. Você também não precisa temer quedas de energia – os telefones PBX tradicionais não dependem de energia elétrica, então eles continuarão funcionando mesmo se a energia acabar. O único problema aqui é a falha de hardware. No caso de um problema interno, todo o sistema pode exigir a visita de um técnico de PBX qualificado, o que significa tempo de inatividade.

Enquanto isso, a tecnologia VoIP depende de uma fonte de energia, e por isso é imediatamente desligada quando há uma interrupção. Mas esse não é o único problema – como a tecnologia depende muito de uma conexão com a internet, quaisquer problemas ou quedas de velocidade afetarão significativamente a qualidade da chamada.

Embora os provedores de VoIP estejam continuamente tornando sua tecnologia o mais segura possível, também depende das práticas de segurança de sua organização para evitar tentativas de invasão ou violação. Usar criptografia de chamadas, senhas fortes e um bom firewall é simplesmente obrigatório.

Conclusão

Tanto o PBX quanto o VoIP têm suas vantagens e desvantagens.

O PBX é confiável, seguro e oferece alta qualidade de chamadas, mas tanto a configuração inicial quanto a manutenção do sistema são caras.

Enquanto isso, o VoIP é muito flexível e escalável, além do custo de manutenção da estrutura ser muito menor do que com as linhas tradicionais. O desempenho do VoIP depende muito dos recursos de conexão com a internet – se a velocidade cair, o mesmo acontecerá com a qualidade das chamadas.

Já tem um PBX tradicional? O Cloudtalk pode ajudá-lo a mudar de sua configuração PBX desatualizada para VoIP e obter todos os benefícios dessa tecnologia.

CloudTalk